terça-feira, 31 de agosto de 2010

Day 20 — The one that broke your heart the hardest

O que quebrou e ainda quebra meu coração de forma mais dura é a inveja e a preocupação que certas pessoas têm sobre a minha vida. Acho que a inveja e o incomodo que a felicidade traz as pessoas é surpreendente. Ninguém pode te ver feliz, ninguém pode te ver bem.
Com o tempo passei a levar as coisas na brincadeira, mas tem horas que isso me maltrata de uma maneira que a vontade é virar exatamente o que eles querem que eu seja. Sempre fui julgada por ser uma coisa que naum sou e nunca ninguém teve sequer a boa educação de vir me conhecer antes de me julgar. Sei que cometo erros e não sou perfeita. O que alias nem quero ser, perfeição enjoa e não tem graça. Quero ser humana, ter o direito de errar e acertar, viver e aprender. E esse direito às vezes me é negado pelas pessoas. Estou cansada disso.

Às vezes penso que viver num casulo me faria mais feliz do que abrir as asas e tentar virar borboleta. Pra que todo esse tumulto meu Deus, me deixem viver a minha vida...aparem de segui-la como se fosse uma novela mexicana. Que coisa chata...rs

Isso porque a única coisa que tento é ser feliz, dentro da minha maneira. Não existe apenas um caminho da felicidade que é o mesmo pra todos. Se fosse assim obvio que seria mais fácil. Mas não, cada um tem seu caminho, as missões pra cumprir, as conquistas pessoais, e tirar isso de uma pessoa é cruel. Fazer com que ela se modele a um padrão ou a rotular pra que seja aquilo que todo mundo quer que ela seja é na minha visão o pior crime contra força humana de cada um.

Isso quebra meu coração...e me faz sentir tão fraca. Se cada um vivesse sua própria vida as coisas seriam muito mais fáceis e as pessoas serão mais felizes. Então vamos brincar de vida meus amores..cada um cuidando da sua própria e sendo feliz da maneira que achar melhor sempre!!!



Encontrar uma mulher que diz o que pensa,
o que sente
e o que pretende,
sem meias verdades,
sem esconder seus pequenos defeitos.
Vai sendo raro nos dias de hoje.
Encontrar alguem que seja sincera
que fale com alma...
Sem ser mal interpretada...
Desnudando-se...

A verdadeira excitação está,
em ver uma mulher despir-se,
emocionalmente.

Intenso é assistir,
uma mulher desabotoar suas fantasias,
suas dores, sua história.

É erótico
ver uma mulher que sorri,
que chora, que vacila,
que fica linda sendo sincera,
uma delícia sendo divertida,
que deixa qualquer um maluco sendo inteligente.

Orgulharmo-nos de nossas falhas,
é o que nos torna humanas.

Arrebatador é assistir ao desnudamento de uma mulher.
Não é fácil tirar a roupa,
em frente aos espectadores
ou ficar pendurada numa banca de jornal.

Mas difícil por difícil,
também é complicado abrir mão de pudores verbais,
expor nossos segredos,
revelar nosso interior.
Despir nossa alma e mostrar para valer quem somos,
o que trazemos por dentro.

Não conheço strip-tease mais sedutor...

BLogDAY 2010



31 de agosto de 2010.
Um dia para não esquecer.
Hoje é o dia da quinta edição do BlogDay.
HOJE É O DIA DO BLOG. Sacou? +_+.
Sim, e o que tem de importante nisso?
Resmunga você. Eu te digo: Nada. :(
Apenas é um dia especial para as milharees de pessoas
que assim como eu mantém um Blog

FELIZ BLOGDAY A TODOS!!!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010



"...Fique à vontade, meu bem
Sinta vontade de ficar
Não tenha pressa
Quem sabe aqui é seu lugar
Mas se tiver de ida
Vê se não vai assim sem mim
Deixa a dor pra depois
Vamos nos aventurar nesse nosso tempo
Após prantos que choramos..."

'Se você souber olhar as coisas de um jeito mágico,
tudo fica mais bonito.'


Caio F. Abreu


"...Com o tempo você descobre a diferença
a sutil diferença
Entre dar a mão e acorrentar uma alma..."

Welcome to a Barbie World

Olhando as novidades na net nesse dia sem umidade nenhuma que já está fazendo meus pulmões gritarem desesperadamente por alguns pingos de chuva, me deparei com a seguinte notícia que me deixou eufórica:


Hotel de luxo francês inaugura 'suítes Barbie' para atender hóspedes infantis

Vejamos a reportagem:


O hotel de alto luxo Plaza Athénée, em Paris, criou duas suítes "Barbie", em referência à famosa boneca, para garotas de três a 16 anos.

Os dois quartos são totalmente na cor rosa, dos tecidos de decoração aos móveis exclusivos fabricados especialmente para o hotel, com o nome da boneca assinado.O projeto foi desenvolvido em parceria com a empresa Mattel, fabricante da boneca. O hotel informa que o objetivo foi recriar, com a decoração, "o universo da Barbie".
Até mesmo um computador laptop com a imagem da boneca foi especialmente criado para as hóspedes da suíte.



O Plaza Athénée mandou fabricar também um cartão com o desenho da Barbie para ser pendurado sobre a porta, com a frase que pede para não ser incomodado, como hóspedes adultos fazem normalmente.




Casa de boneca

Inúmeros brinquedos, várias bonecas e uma casinha da Barbie integram a decoração das suítes, que inclui ainda almofadas, sofá e cadeira com o nome da boneca assinado e corações por todos os lados.



Um dos quartos, de 45 metros quadrados, é ligado por uma porta ao quarto dos pais. A diária total das duas acomodações é 1,6 mil euros.


PRECINHOS:

Existe uma outra opção mais cara, da suíte "Deluxe", cuja diária custa 2,5 mil euros (R$ 5,7 mil).
O preço também inclui presentes. As crianças ganham uma edição especial da boneca Barbie, fabricada especialmente para o Plaza Athénée.

o hotel registrou em julho, durante a temporada de verão na Europa, uma taxa de ocupação recorde de 95,5%. A suíte Barbie funcionará até o início de setembro, quando a clientela de turistas em família é substituída pela de homens de negócios.


´

É a Barbie faturando






Até aí tudo bem...só que na minha vida real infelizmente (ou felizmente) já passei dos 16 aninhos, ou seja, não vou poder me hospedar nessa suíte linda...Já estava até desanimadinha quando achei a solução para todos os meus problemas...rs..é impressionante como esse pessoal pensa em tudo mesmo. Vejam só:

Suíte da Barbie em hotel de Las Vegas tem até “pole” para strip-tease





Não, vocês não leram errado! Soube agora que a jornalista americana Charyn Pfeuffer enfureceu os figurões da Mattel, fabricantes da Barbie, porque escreveu um post contando que o hotel Palms, em Las Vegas, tem uma suíte com a boneca como tema onde foi instalado no banheiro um “pole” para fazer strip tease! Já ví sites achando de mal gosto. Mas se pensar que a suíte não é para criança, visto que só tem uma cama de casal não é tão ruim assim...rs...Pra quem não sabe, pole é aquele troço metálico que as dançarinas de lugares de strip usam pra rodopiar..isso aqui óh:




E a tal suíte da Barbie, acreditem se quiser, custa a partir de US$ 3 mil por noite. Inteira rosa “Pepto-Bismol”, como conta a Charyn. Diz ela:

“Os detalhes do décor são ultra-girlie.São de dar risada as cadeiras que imitam o bustier de um vestido, o papel-de-parede estampado com sapatos, e – ah, sim! – o espelho enfeitado com 65 réplicas de Barbies do ano 1959″.



Inspirada na casa da Barbie Malibu. É o sonho para toda menina-mulher fã da boneca de plástico, que assim como eu, a coleciona. A mega-suíte foi construída para comemorar os 50 anos da Barbie

A decoração ultra-girly é assinada por Jonathan Adler toda em preto, branco e obviamente Pink.






Finíssimo, um quadro original de Andy Warhol.








A it-cadeira, a Gost, de Kartell, com edição especia de Philippe Starck’sl, feito de plástico transparente meio rosinha, com o rosto da Barbie.












































ARRASOU!!!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Não adianta brigar com a natureza mesmo....



Hoje sem nada pra fazer resolvi fazer um teste na internet

"que filme traduz melhor a sua vida"

e adivinha só o que deu???????


beijinhos com gosto de torta de limão pra quem acertar...rs


resultado


Alice no País das Maravilhas (2010)

Criativa e sonhadora, você é daquelas pessoas que adora uma aventura. Gosta de desvendar novas situações e, principalmente, conhecer gente nova. É bem provável que você ame viajar e adore a leitura de um bom livro. Seu jeito sonhador é cativante, pois para você nada é impossível. Cuidado, apenas, para não adotar esse comportamento como fuga da realidade. E, atenção também como as decepções. Ter pé no chão, em algumas situações, é fundamental para evitar grandes frustrações.



quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Day 19 — Someone that pesters your mind—good or bad

Sempre achei que somos donos de dois lados...um bom e um ruim!!! Sabe aquela história de cada um desperta em mim a Alice que merece, pois bem.. eu sempre acreditei nisso. Não que eu seja aquela pessoa ruim...mas tem dias que acordo sabendo que o bom mesmo vai ser o meu lado mau....pra essa ocasião o meu lado mau vai ser ótimo...as vezes penso que minha vida se parece com aqueles desenhos animados em que de um lado tem um diabinho e do outro um anjinho ambos guerreando por uma atitude minha. Que coisa mais maluca de se pensar Alice...coisas que não te levam a lugar nenhum....

Maaasss...por mais maluca que seja essa teoria as vezes penso que sim...existe um lado ruim e um lado bom de cada nossa personalidade e precisamos saber qual se encaixa melhor em nossa vida. Alguns filósofos acreditavam que o homem é um ser naturalmente ruim, ele nasce ruim e com o tempo vai adquirindo uma personalidade mais acolhedora com a sociedade. Ok..respeito a opinião de vcs, mas acho que o homem é naturalmente um ser bom e com o tempo vai formando sua verdadeira personalidade e escolhendo seu caminho. Aquela velha historia do livre arbítrio NE pessoas...coisa muito importante esse livre arbítrio...

Então é isso, sempre temos escolhas na vida e sempre essas escolhas nos trazem conseqüências (ação e reação). Devemos ter em mente que somos responsáveis pelo nosso próprio caminho e pela nossa própria vida. Devemos lutar pela nossa felicidade e ir em busca de nossos sonhos e ideais. Pelo menos é isso que penso pra minha vida, independente de quantos diabinhos e quantos anjinhos eu encontre no meu ouvido me mostrando o caminho a seguir, eu sempre vou escolher aquele que meu coração mandar. Pois nem sempre o caminho do anjo é o melhor....assim como nem sempre o do diabinho é o mais ruim.


sábado, 21 de agosto de 2010

Day 18 — The person that you wish you could be

A pessoa que eu gostaria de ser é...assim....
Eu sempre travo nesse ponto.
Se eu não sei quem eu sou
Como poderei saber o que eu gostaria de ser?

Nesse meu mundo de Maravilhas
Em que tudo que parece ser
Não é tudo que é
E tudo que não é
É o que parece ser
Eu me sinto às vezes muito sozinha
Respirando um ar que não é meu
Vivendo uma vida que não é minha.
As vezes sou obrigada a pensar e fazer coisas
Que normalmente não faria
Por ser ridículas pra mim
(por exemplo fingir acreditar numa coisa
Que na verdade não acredito).
Fiz do meu caderno
Um esboço de um blog
E enquanto eu fico vendo pessoas “desfilando” em minha frente
Num circulo passivo sem fim
E sem sentido
Eu vou escrevendo palavras que também não fazem sentido algum
Mas que fazem o tempo passar mais rápido.
Minha Vida é tão confusa quanto a América Central
Por isso não me acuse de ser irracional.
Como diz um amigo meu
(que já nem sei mais se é amigo ou não
Porque eu o magoei profundamente
E tão sem querer
Pela minha impulsividade
E pela maneira inconstante de viver a vida)
Enfim, como ele mesmo me disse
Eu sou responsável pelas minhas atitudes e escolhas
E isso faz com que minha vida gire
Fazendo um novo começo e um novo fim
Mas como saber se estou fazendo a escolha certa?
Como saber se o caminho que eu escolhi é o certo?
Não tem como saber...

Então volto a questão:

“A pessoa que eu desejaria ser....”
Eu acho que....

Uma pessoa melhor a cada dia....


sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A Melodia de ser Mulher



"...Fonte de mel,
luz das acácias,
balança em rendas,
de um lado para o outro,
sintoniza nessa estação,
brilhando no poço de tempo toda a feminilidade.
Meu coração de mulher,
me manda ter mais calma,
ficar tranquila e caminhar mais devagar no meu cotidiano.
A beleza de ser uma eterna aprendiz.
Todo esse açúcar e esse afeto,
todo esse perfume,
que envolve essas plumas e paetês
vêm dessa coragem que nasce de um lugar guerreiro,
de um despertar frágil e
de um arrebentar correntes.
Somos deusas que tremem ao vento ateu
e espalhamos muito prazer e fúria.
Há quem fale que ser mulher é um divino mistério profundo.
Durante todo o dia o mundo nos faz dançar tantas melodias.
Ah esse segredo!
A malícia de toda mulher e a atitude repleta de amor.
Nascer mulher é o sopro do criador.
Cada uma de nós sabe a dor e a delícia de ser o que é..."

Day 17 — Someone from your childhood

Minha infância foi repleta de princesas..contos de fadas…mundos cor de rosa…acho que isso fez um pouco minha mente sentimentalista e fantasiosa...

Dificil escolher alguém...talvez a Xuxa, porque querendo ou não ela marcou minha infância assim como marcou a infância da maioria das crianças da década de 80. meu sonho era ser paquita ou ir no programa da Xuxa e mandar um beijo pra minha mãe, pro meu pai e especialmente pra Você!! Haha

Depois veio a fada Bela que era vivida pela Angélica, eu morria de medo de dar o primeiro beijo porque na minha mente infantil eu também era uma fadinha e se eu desse meu primeiro beijo eu ia perder meu encanto.

Coisas de crianças...rs

Mas dentro todas as princesas encantadas da Disney, entre chiquititas, sakuras, Power rangers rosa existia uma personagem que eu amava...que eu não cansava de assistir o filme e até hoje eu sei todas as músicas de cor. A Bela da Bela e a Fera. A sensibilidade, o amor pelo que existe além da aparência tudo isso me fascinou nela. Se apaixonar pelo príncipe encantado lindo, num cavalo branco que te salva do dragão é tão fácil NE. Mas se apaixonar verdadeiramente, por uma fera, que leva no peito um coração despedaçado, mas que é capaz de um amor incondicional isso não é pra todas. Pedir uma rosa de presente e estar disposta a sacrificar a própria vida por quem ama. Estar além do seu tempo abrindo mão de um casamento fabuloso na época pra viver seus sonhos. Isso não é para qualquer princesa... Essa era a Bela...tão doce, meiga, e ao mesmo tempo tão forte e determinada. Ainda bem que foi nela que me inspirei na infância. Acho que isso fez uma grande mudança em minha vida. Claro que eu erro com as pessoas e é óbvio que elas também erram comigo, mas aprender a ver além das aparências e a dar valor em pequenos gestos, em coisas insignificantes materialmente, mas que fazem muita diferença na alma das pessoas. A lutar pelos meus sonhos, contrariando expectativas e vivendo a minha maneira.

“O monstro que se apaixona pela dama e que, em razão de sua deformidade, comete atrocidades. Mas não qualquer atrocidade. O monstro não é mau; é vítima. E a atrocidade é uma resposta a seu desespero, seu medo, seu isolamento. Por tudo isso, por explicitar de modo tão maduro as sutilezas de conflitos existenciais genuinamente humanos, esta é, não há qualquer dúvida, o maior clássico Disney.”

“Este filme mostra que a verdadeira beleza não é aquela que está a nossos olhos mas sim aquela que sintimos no coração...”


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Day 16 — Someone that’s not in your state/country

Poderia falar de amigos...parentes...inimigos...tantas pessoas me vem a mente agora que estão longe de mim em relação ao meu estado ou a meu país...mas a distancia física é tão facilmente superada...o território..a terra.. os continentes..tudo isso agente supera hoje com os meios cada vez mais eficientes de comunicação...só precisam inventar agora um meio de comunicação pra tele transporte caso agente sinta falta daquele abraço gosto de urso.

Mas enfim naum vou falar de distancias físicas. Vou falar de pessoas que não estão ou não compartilham de alguma maneira com meu estado, mas com meu estado de espírito. Às vezes tenho vontade de pegar a cabeça de certas pessoas e ,meter na parede pra ver se elas acordam. Queria que tudo fosse muito fácil que as pessoas colocassem em suas cabeças que o objetivo das suas vida é ser feliz, independente de tudo e de todos...mas não...as pessoas insistem em afundar a vida em relacionamentos sem futuro, a profissões que naum trazem alegria de viver..a cursos que não dão animo e nada tem a ver com a pessoa. Por puro comodismo as vezes. Nossa vida é tão condicionada a certas obrigações que achamos que não somos dignos de parar cinco minutos no fim do dia pra ver o sol se por. Ou acordar as seis da manha pra ver ele nascer. Certas coisas da vida que naum entram na minha cabeça. Condicionamos nossa existência a esperar que amanha será um dia melhor, que daqui a um mês tudo vai dar certo, ou que daqui a um ano eu vou começar a realizar esse projeto, ou vou esperar mais um tempo pra fazer aquela viagem.

Será que as pessoas naum entendem que elas naum são eternas. Que a vida é uma só (pela menos essa aqui) e que muitos de nós não teremos uma segunda chance.

Eu posso ser chamada de louca, inconseqüente, adolescente...mais pelo menos se eu morrer amanha eu morro feliz, sabendo que de uma maneira ou de outra eu pelo menos lutei pra realizar todos os meus sonho...

EU VIVI ao invés de simplesmente EXISTIR!!!

Queria que mais pessoas compartilhassem esse estado de espírito...acho que o mundo seria um lugar bem melhor pra se viver!!!

E vamos seguindo a trilha certa...a trilha louca do poeta!!


Verdade da minha Vida



Sigo meu instinto animal,
Cruzo mil fronteiras
Garimpando amor,
Semeador.
De tanto voar achei você,
Multicolorido exatamente igual
Ao meu astral.
Melhor é voar a dois...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Day 15 — The person you miss the most

Como posso perder algo que não me pertence
como posso perder pessoas se elas não são minhas
de minha propriedade!
Eu não as perco
nunca perdi ninguém
porque nunca tive ninguém
Assim como nunca ninguém me perdeu
porque na realidade não me tiveram...
As pessoas ficam em minha vida
o tempo necessário para me ensinar algo
ou me abrir os olhos
ou me guiar
ou me ensinar...

Assim como eu também fico na vida das pessoas por esse motivo
resta saber se um dia
poderei ter alguém pra chamar de meu
Meu Amor...
Meu querido..
Minha vida...
e que esse alguém não parta
e que eu não tenha que me despedir dessa pessoa lhe deixando pra trás


Day 14 — Someone you’ve drifted away from



Hoje ele expressa por mim:

Carne - Vinicius de Moraes

Que importa se a distância estende entre nós léguas e léguas
Que importa se existe entre nós muitas montanhas?
O mesmo céu nos cobre
E a mesma terra liga nossos pés.
No céu e na terra é tua carne que palpita
Em tudo eu sinto o teu olhar se desdobrando
Na carícia violenta do teu beijo
Que importa a distância e que importa a montanha
Se tu és a extensão da carne
Sempre presente?


para um amigo que sempre me recitava e hoje depois de ausente tanto tempo esta retornando...eu te amo muito...apesar das minhas fases lunáticas e das minhas inconstancias você sabe que não sou nada sem você!!!


você me mostrou esse video uma vez e disse que era pra mim...eu guardei com todo cuidado no meu coração por seu cuidado sempre tão fantástico comigo


domingo, 15 de agosto de 2010

Day 13 — Someone you wish could forgive you


Eu já fiz pessoas sofrerem durante essa minha jornada aqui na terra, assim como me fizeram sofrer. Talvez eu não tenha percebido o mal que fiz até fazê-lo. Ou
Não medi as conseqüências dos meus atos. Essa minha impulsidade já fez muita gente sofrer, por isso hoje eu me controlo mais..dificil...mas me controlo. Comecei a pensar que estou lidando com seres humanos assim como eu, e não simples bonecos ou seres sem sentimentos. A partir do momento que percebi isso, que lido com seres humanos frágeis, comecei a ver a vida de um ângulo melhor e tentar mesmo que difícil pra mim e pra minha impulsividade me controlar pra não machucar ninguém.

Tem uma única pessoa que eu desejaria que me perdoasse. Sem citar nomes. Mas, acho que é a única pessoa que leva certa mágoa de mim. E eu não tiro sua razão, eu fui fraca demais. Eu prometi que seria uma rocha, mas eu não suportei tudo e acabei vendo que não sou rocha, sou tão frágil quanto jamais imaginei. E só percebi isso quando me vi lutando ao seu lado por algo que era impossível pra mim.

Eu te amei...muito...mas da minha maneira, da minha maneira infantil, inconstante, possessiva, cruel, libertadora. Eu te amei da minha maneira rosa de ser. Te envolvi no meu mundo de sonhos piscianos e depois te tirei dele de uma maneira tão fácil que me faz sentir uma culpa imensa de mim hoje.

Eu queria muito que você me perdoasse.

Não queria você de volta, não sou digna do seu amor e nem posso te amar. Talvez se as circunstancias de tempo e lugar não tivessem sido da maneira como foi nós teríamos dado certo.

Diferenças de seres muito iguais eu acho. Incompatibilidade total de genes.

Eu queria que você soubesse que eu era uma menina ( a mesma que continua vivendo hoje, mas um pouco mais cuidadosa com sentimentos humanos). Queria que você me perdoasse...queria que um dia você me entendesse. eu não sei...mas esse texto é sobre voce e a culpa que sinto em relação ao seu coração.

Você pra mim será sempre uma doce lembrança...hoje depois de tudo cicatrizado pra mim...você é uma doce lembrança que eu não sei se eu sonhei ou aconteceu. Mas que vou levar sempre pois é parte da minha historia e do meu crescimento...

Espero que um dia possa me perdoar...


Day 12 — The person you hate most/caused you a lot of pain




sem chances,
não odeio ninguem tanto que possa doer...
Lógico que existem pessoas que me deixam profundamente irritada as vezes,
mas odiar...
não não...
ninguem...
então essa eu to pulando!!!
De verdade.
Não estou sendo clichê ou tentando fazer a boa moça.
Só não odeio ninguem mesmo e ponto.

Day 11 — A Deceased person you wish you could talk to

Uma pessoa falecida que você gostaria de falar...minha avó!!
Como eu sinto falta dela...
talvez porque ela morava perto de casa e eu sempre me confundia qual era minha casa e qual era a dela,
talvez porque eu sempre era a mais mimada,
com bala e doce e com bichinhos de pelúcia,
talvez porque ela tenha me ensinado a amar as plantas e os bichinhos e a amar a natureza,
talvez porque ela como descendentes de índio me contasse historias maravilhosas deles,
ou talvez porque no finzinho da vida dela, quando a doença já estava no auge eu lembro de deitar no seu colo e chorar muito e ela me abraçar com força e dizer que eu ia ficar bem que ela nunca ia me deixar.

Escrevo com lágrimas nos olhos,
talvez porque o vazio que ela me deixou custa a ser preenchido as vezes.
Queria o colo dela nas noites em que não consigo dormir. Queria os sábios conselhos dela sobre o que fazer da vida.

Acho que ela foi a responsável por esse meu lado sentimental tão aflorado. Ela acreditava tanto em sentimentos.

Eu sei que um dia ainda agente se encontra por aí, mas era com ctz com ela que eu queria estar agora conversando sobre a vida, sobre os meus medos, minhas inconstâncias (e como minha avó era inconstante).

Quando fechos os olhos ainda vejo ela velhinha, sentada no sofá, sorrindo...ou andando pela casa com aquele típico chinelinho de vó arrastando e falando coisas bobas enquanto eu tomava café...

Putz...não sabia que ainda doía tanto!!! Sinto tanto sua falta dona Maria de Lourdes...mãe dos 5 apostolos de Jesus Cristo...queria vc agora aqui com aquela teimosia de me fazer tomar Yakult (ekatiiii total) e sua bondade de me esconder em casa sempre que eu aprontava alguma coisa. Ou aquela velha tradição de distribuir bolo pras crianças no dia de São Cosme e Damião (será que alguém sabe que dia é esse hoje)...

QUE SAUDADES!!!!



música que me lembra minha avó:


Day 10 — Someone you don’t talk to as much as you’d like to

Estou aqui em pleno sabadão tentando me recuperar de um cansaço eterno e daqui a pouco estou saindo...se eu agüentar...apesar de que minha cama está tão confortável que nem ta dando vontade de sair dela...rs....mas vamos lá colocar o blog em dia enquanto isso.

Hoje é dia de falar sobre alguém que eu não falo tanto quanto eu gostaria. Essa pra mim é fácil. Eu gostaria de ter mais tempo pra falar comigo mesma. Estou numa fase de descobrimento de quem eu sou verdadeiramente. Tentando entender o que está por trás dos meus olhos. Muito difícil essas coisas. E acho que pra eu me encontrar mais eu preciso de vez enquando dar um mergulho dentro da minha alma, sondar meu coração e conversar com ele um pouco. Colocar o papo em dia. E com a correria do dia a dia fica difícil fazer isso.

As vezes me dá uma vontade imensa de largar tudo. Ir embora, sei La, dar uma de Bela Adormecida dormindo por uns 100 anos...rs...mas sei que isso não é possível, então tenho que enfrentar as coisas de frente. Com isso acabo tentando me encontrar dentro de mim mesma.

As vezes acho que dentro da minha cabeça tem um labirinto. Cada min eu tento um caminho diferente em busca da saída. Eu acho que dessa vez estou no caminho certo. Esse espaço virtual faça com que eu converse comigo mesma mais, com que eu aprenda um pouco mais do que eu sou. Aqui posso escrever meus sentimentos e organizar meus pensamentos confusos.

Apesar da confusão dos pensamentos e sentimentos e essa minha inconstância sentimental eu to tentando achar o ponto de equilíbrio dentro de mim mesma...


segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Day 9 — Someone you wish you could meet

A cada dia que passa, eu acho que vai ficando mais difícil essa brincadeira. A partir de agora começa acho que uma reflexão sobre as coisas, você é motivada a pensar em tudo e escrever sobre algo que você tem vontade.

O dia de hoje me pede que eu escreva alguma coisa pra alguém que eu desejasse que respondesse....e isso é tão abstrato...mas eu vou tentar...acho que queria escrever pra Deus...rs...olha só que coragem a minha...escrever pra Deus, mas é a única pessoa que as vezes eu pergunto as coisas e nunca me responde. Então, gostaria que ele me respondesse de vez em quando. Sei que não sou ninguém para questionar os desígnios de Papai do Céu, mas tem coisas que eu não consigo entender. Eu até me esforço, mas minha cabeça fica tão cheinha de duvidas que um dia acho que vai explodir. rs

Se eu pudesse entrevistar Deus primeiro eu perguntaria como realmente foi a criação do mundo e dos homens. Sei que existem varias teorias sobre isso, mas eu nunca acreditei muito em nenhuma delas. Nada desse papinho clichê que somos descendestes do macaco e muito menos de Adão. Não nasci da costela de nenhum macho e maçã é uma fruta muito gostosa pra ser proibida. Alias, é a única fruta que eu gosto.
Então a primeira pergunta seria como Ele criou o mundo e os seres humanos.

Depois ia querer saber como em sua sã consciência ele colocou esse bando de vândalos no planeta Terra...porque assim, se eu fizesse um grande projeto, tão lindo quanto a Terra, eu ia querer preservar meu projeto de todas as maneiras possíveis. Ia deixar ele guardadinho lá pra ninguém mexer, apenas admirar. E o Senhor me coloca esse bando de gente sem noção pra habitar um planeta tão lindo. O senhor devia ter colocado os homens em Marte então, aproveitasse que o planeta já não tem nada e se fosse destruído também tanto faz e fez. Agora colocar na Terra, poxa Papai do Céu vacilo viu...coitado do Planeta...

Eu ia querer saber também porque só o ser humano tem a inteligência, porque os outros bicinhos não tem...apesar de que pra mim isso é uma grande mentira inventada por seres que se acham tão superiores mas não conseguem nem conviver harmoniosamente entre si. Porque de boa mesmo Papai do Céu, ô raça ruim esse tal de homem...nossa..se acham demais...destroem demais...não conseguem ver e entender a beleza que existe em volta deles mesmo e ainda por cima é a única raça que destrói o próprio ambiente que se vive. Vou te contar viu, como diz um amigo meu, estamos tão preocupado em fazer um mundo melhor pros nossos filhos que nos esquecemos de fazer filhos melhores para o nosso mundo. Na próxima encarnação vê se o Senhor me manda como um golfinho ok? Porque o senhor deu a inteligência pra pessoas que não sabem como usá-la. Que criam bombas, armas de destruição em massa, substancias tóxicas, que usam sua mente pra arquitetar planos contra inocentes, que usam de sua força para espalhar o mal. Ah Papai do Céu...porque?

Perguntaria porque Ele deixou seu próprio filho morrer crucificado pra salvar os homens, que alias acabou não salvando nada. Acabou se criando uma religião que acha que domina o planeta com seus dogmas ultrapassados e vacilantes, colocando idéias fracas nas cabeças das pessoas que pra mim são sim de muita pouca fé. Tanto sangue já foi derramado em nome do Vosso Filho, tanta lagrima de inocentes. Tantas mulheres queimada e uma historia tão bonita sendo reescrita por um cara que nem acreditava no Senhor. E o pior de tudo, sua Terra Santa, onde Seu filho nasceu, foi gerado e morto, esta sendo destruída, um pouco todos os dias. E se realmente hoje em dia, o Senhor não se arrepende dessa decisão.

Perguntaria o que existe quando agente morre e pra onde agente vai...são tantos questionamentos e tantas duvidas que eu já não sei mais pra onde correr as vezes. Mas eu gostaria de saber pra onde eu vou. Sei que eu não sou aquele exemplo de pessoa boa, e que de acordo com algumas religiões eu vou arder no mármore do inferno (rs), mas eu não acredito que eu seja tão ruim assim. Não acredito que vou ser condenada por ter ido buscar minha felicidade, mesmo que a minha felicidade não esteja de acordo com as normas estabelecidas, porque sinceramente eu existo pra quebrar as regras, mas apesar de tudo eu amo e respeito o Senhor, assim como eu amo e respeito meu pai, mesmo não concordando com ele. Somos pessoas com opiniões diferentes e eu nem faço idéia de qual é a sua opinião. Alias eu nem sei como o Senhor é...pra mim o Senhor é aquele velhinho simpático com o cabelo branco e a barba branca que passa uma ternura incrível só pelo olhar. E deve ser dono de uma paciência sem medidas, alias tudo no Senhor é sem medida. Assim como o seu amor...e é o que eu mais admiro, eu pobre humana cheia de erros só falando mal da minha raça e o Senhor que presencia isso todo o tempo não fazendo nada...tem que ter muita paciência mesmo.

Enfim Papai do Céu, são tantas duvidas, tantas perguntas, tantas preces. Como o Senhor consegue ser Três em Um (modelo compacto?), ou ouvir todas as preces ao mesmo tempo, ou ver todas as besteiras que nós cometemos e não interferir, respeitando nosso livre arbítrio. Como o Senhor consegue se manter neutro nessa guerra diária entre sua criação. Como o senhor foi tão perfeito ao criar as estrelas , os planetas, as flores, o mundo e o universo, os beija flores, as joaninhas, o milagre da vida do um ser gerando outro. Em que o Senhor se inspirou pra fazer nascer tanta beleza, e os sentimentos..como nasceram...como nasceu o amor, o ódio, a vingança, a felicidade, a amizade. Se o Senhor chora, se o Senhor sorri. Se já veio a terra contemplar o nascer e o por do sol. Se o Senhor tem medo de alguma coisa. Se Eu devo tratá-Lo como algo abstrato ou concreto....tantas tantas tantas coisas....

Que um dia eu terei resposta...um dia quando nos encontrarmos por aí...numa dessas esquinas pós vida ou pré morte. Mas agente se encontra...


Day 8 — Your favorite internet friend

CHEGUEI!!! Ufaaaaa…coloquei o blog em dia…rs

Vamos lá então

MEU AMIGO FAVORITO NA INTERNET

Essa também é fácil. Minha amiga favorita da internet se chama PEREGRINA... É minha amiga no orkut e nunca nos encontramos pessoalmente. Mas é sempre ela que me manda recados que sempre me fazem sentir bem. Ela é uma senhorinha simpática, cheia de netos que me faz lembrar minha avó, inclusive em todos os conselhos que me dá. É sempre tão bom estar triste e aparecer aquele recadinho repleto de carinho na minha pagina de recados do Orkut. Então minha amiga favorita é ela, que apesar de não estar presente fisicamente comigo, esta sempre ligada em mim espiritualmente...

Obrigada sempre pelo carinho inigualável!!! Seja sempre peregrina nessa vida


Day 7 — Your Ex-boyfriend/girlfriend/love/crush



SEU EX NAMORADO
Escolher um ex namorado pra falar aqui é fácil. O único que consigo lidar até hoje, mas que ultimamente anda me irritando profundamente. Só que isso também não vem ao caso. Vou falar dele porque de todas as pessoas que passaram pela minha vida ele foi o que ficou mais tempo e o que me fez mais feliz.
Ele era o príncipe encantado, meu eterno namorado.
Sabe aquela musica do Kid Abelha “depois de você os outros são os outros e só”, então, ela faz todo sentido pra mim. E não é por maldade não. É por uma questão de lógica mesmo. Foi com ele que passei os melhores e piores momentos da minha vida. Foi com ele que pensei em me casar, construir uma família. Nós tínhamos aquele relacionamento gostoso daqueles amores que vão ficar pra sempre. De escrever o nome na arvore em volta de um coração, de usar aliança. Criar emails e coisinhas pra chamar de nossas. Virar uma só pessoa. Juntar duas almas num só corpo. Assim era nosso relacionamento. Nos excluímos do mundo e nem sofríamos por isso, porque o importante é que estávamos juntos. E isso nos bastava. Que delicia lembrar de tudo isso hoje!! É tão bom recordar de coisas boas. E ele foi uma coisa muito boa na minha vida. Acabou porque tinha que acabar, “nada dura pra sempre e nós dois sabíamos que os ânimos ainda poderiam mudar...”. Pensarei nele sempre e me lembrarei das coisas boas que ficaram pra trás. Afinal três anos não são três dias e se contarmos bem, em três anos de convivência não ficamos nem três dias sem nos ver. Foi difícil sim ficar sem ele, e ainda é difícil. Mas como tudo que passa é bom recordar, eu sempre me lembrarei daquele dia dos olhares se cruzando, da rosa dada em sala de aula e da declaração de amor no microfone. Eu sempre me lembrarei do sinal que era só nosso e dos nossos beijos sempre tão apaixonados. Eu sempre me lembrarei da nossa musica (que coloco aqui agora) e sempre me lembrarei da nossa frase:

“JAMAIS EXISTIRÁ HISTORIA DE AMOR MAIS BELA...
DO QUE A DE _ _ _ _ _ _ _ _ & _ _ _ _ _ _ _ ...”


Day 6 — A stranger

UM ESTRANHO

Ele se aproximou de mim...era apenas mais um no meio daquela multidão de pessoas que freqüentam minha vida. Entre pessoas que passam e ficam, ele ficou.
Vocês devem se perguntar, mas ela não ia falar sobre um estranho? Ok, eu explico, ele é um completo estranho pra mim. Não dá pra penetrar em seus olhos e ele não abre o seu mundo. Conheço dele o que me diz ou o que fala sobre sua pessoa. Nada mais que isso. Uma constante incógnita em meu mundo já cheio de indecisões. Um mistério, um estranho. Me sinto bem em sua presença, as vezes protegida, as vezes incomodada com seu olhar sempre a me fitar. As vezes impressionada com sua capacidade de lidar com as palavras e sua semelhança com meus sentimentos. Mas isso não o torna menos estranho....ou será que eu sou a estranha de mim mesma? Vai saber né, às vezes descubro coisa sobre mim mesma que jamais me imaginei fazendo ou pensando. Enfim, somos estranhos, estranhos pras pessoas comuns, e estranhos um para o outro. Mas o fascínio sobre sua imagem me prende, como se eu fosse uma criança curiosa que resolve seguir um coelho branco e acaba caindo no seu buraco mágico. Ele me faz sentir ainda mais Alice, e ele conhece Alice. Assim como conhece a alma confusa da menina que habita nos meus sonhos. Um estranho que compartilha comigo algumas indecisões, algumas ilusões, conflitos, angustias, dor...amor?? Um completo estranho que se machuca comigo as vezes (esqueceram de lhe avisar que dói ser próximo de pessoas assim tão inconstantes) e que me machuca também (esqueci do conselho da mãe de não me aproximar de estranhos). Mas que esta cada dia mais respirando meu amor e me fazendo respirar o seu. Não sei mais como lidar com isso....


domingo, 8 de agosto de 2010

Day 5 — Your dreams

Ta certo, ta certo… eu sei que estou atrasada alguns dias mas não estava dando tempo mesmo !! Uma correria que só por Deus, mas eu vou colocar o blog em dia agora...rs

Vamos lá:

Seu sonho

Acho que meu maior sonho hoje em dia é ser feliz. Dizem por aí que temos que colocar metas na nossa vida pra saber onde queremos chegar, senão vamos viver andando em círculos sem saber pra onde ir. Enfim, minha meta é ser feliz. Aqui, ou lá pra lá de Marrakech...mas ser feliz. As coisas vão acontecendo em nossa vida o tempo todo, numa roda que nunca para. Você se quebra, se arrebenta toda e o mundo não para pra esperar você se levantar ou consertar o seu dodói. Ele simplesmente exige que você se levante rápido e continue a andar. Dizem que a vida não é uma mãe, mas uma madrasta bem má digna das historinhas de contos de fadas. E quando sentimos o peso dela sobre nossas cabeças quase desistimos de tudo e largamos nossos sonhos jogados pelas estradas. Mas não é assim que as coisas funcionam e por mais que queiramos largar tudo e desistir ela se faz de onda e nos empurra sempre mais longe da margem, não temos outra escolha...ou nadamos em frente ou morremos afogados. Eu sempre escolhi nadar...morrer afogada nunca foi muito a minha praia. Se eu pudesse escolher algum personagem pra me transformar seria o Wolverine, só por sua capacidade de regeneração impressionante, mas essa capacidade teria que ser principalmente interior...rs...mas enfim. Claro que sonho em alcançar meu sucesso profissional (com o que eu não sei, mas eu quero)...construir uma família, e terminar minha caminhada numa casinha sossegada no alto de uma montanha apreciando a natureza em sua forma mais bela. Mas no fim de tudo isso esta sempre a felicidade. Não me adianta ter dinheiro e não ser feliz. Não me adianta nada ter uma família linda e não ama-los como ou mais que a mim mesma. De nada adianta tudo isso sem a felicidade. Não há amor sem felicidade. Então eu sonho em ser feliz, sonho em abrir os olhos de manha e falar...estou feliz...estou completa. Não que eu não faça isso diariamente porque realmente é uma grande dádiva acordar todos os dias e respirar. Sentir o ar entrando e saindo dos seus pulmões...isso também me faz feliz. Mas ainda falta tantos buraquinhos para serem preenchidos em mim, e acho que somente encontrando o meu caminho de tijolos amarelos que me levara a felicidade fará com que eles se fechem.

Mas uma missão se encerra. Eu sonho, quero e almejo minha felicidade. Acima de tudo e de todos!!!


quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Sinceridade Feminina e o Coração Masculino Partido



VALE A PENA CONFERIR: MELHOR DICA DE TODAS

http://eudoupraidiotas.blogspot.com/

"Ninguém que perca algum tempo na internet para fazer um blog ou manter um perfil num site de relacionamentos é interessante o bastante para ter sua biografia lida - com exceção das pessoas que já tem como profissão escrever. Não é o meu caso, claro. Eu sou uma mulher na casa dos vinte, que insiste em ser menina empolgada quando já deveria ter parado com esse negócio de pegar homens aleatórios por aí. Já tive um bocado de experiências: mais do que você, menos do que é necessário para decidir casar-se monogamicamente e o bastante pra perceber que homens heterossexuais são (quase) todos uns idiotas. Mas eles me divertem, e admitir que noventa por cento das minhas escolhas são equivocadas e arrependíveis é muito digno. Eu dou para idiotas, pero mantenho minha dignidade..."


quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Day 4 — Your sibling (or closest relative)

AI QUE DELICIA FALAR SOBRE MEU IRMÃO!!!




Meu brother querido que será papai de uma menina linda daqui a um mês!!! Eu vou ser titia...hahaaa...mas isso agente deixa pra depois...estou aqui pra falar do meu mano.

Meu irmão é tudo...meu amigo...meu conselheiro...aquele que levava e buscava da balada quando eu ainda não tinha idade e queria ir...aquele que enfrentava meus pais pra ficar do meu lado...aquele que ia jogar futebol quando criança e me levava junto (e até hoje encontro com os amigos dele na rua que fazem aquela piadinha infame: eu já te peguei no colo...rs)..mas também é aquele que brigava comigo sempre que eu saia da linha e não hesitava de me dar porrada quando era necessário....

Temos 10 anos de diferença...estou com 22..ele esta com 32...mas ele sempre foi meu companheiro...lembro da primeira viagem que ele fez e eu tinha noção que ele estava indo...joguei meu ursinho favorito dentro da mala dele pra ele ir protegendo meu maninho...meu Dada...apelido que eu dei pra ele desde criança!!! Tenho vídeos aqui em casa dele sempre brincando comigo...ele que me salvou de tantas enrrascadas...que me acordava dos pesadelos e enfrentava o bicho papão atras da porta...aquele que fazia maldades comendo toda a batata frita mas sempre me compensava depois com um doce pra eu não ficar triste....era ele que sempre me levava no boteco da esquina pra comprar a bala de morango que eu tanto amava...e ficava me vigiando quando saia da escola pra ver se ia direto pra casa...

Sempre com garra, força, coragem...ele enfrentou tudo e venceu..ele chegou onde esta sozinho...e é meu maior motivo de orgulho!!! Quando meu pai se afastou era ele que estava do meu lado...sempre..para o que eu precisasse ele estava ali!! Como eu o amo por isso!!!

Ele é o típico cara que tem um brilho diferente dentro dos olhos....daqueles olhos cor de mel...ele tem luz e brilha intensamente...como dói meu coração quando vejo meu irmão chorar...coisas que já presenciei algumas vezes...minha vontade é de abraçá-lo apertado e dizer que tudo vai passar...que tudo vai ficar bem e se ele foi capaz de chegar até aqui vai poder ir muito mais longe!! Se eu pudesse pegaria toda a dor dele e traria pra mim...o que já pedi muitas vezes pra Papai do Céu tb...que eu merecia sofrer no lugar dele...não ele...ele é bom demais para sofrer!!!

Enfim meu irmão também é o melhor irmão de mundo...aquele que sinto orgulho de bater no peito e dizer que o mesmo sangue que corre na veia dele corre na minha!!! Meu eterno exemplo de vida...eu te amo maninho!!!

MEU IRMÃO...MEU HERÓI!!!


Day 3 — Your parents

Ainda é dia 03 pra mim...não dormi, mesmo tendo passado da meia noite. Mas ainda é valido, estou cumprindo todos os passos certinhos.

Hoje é um dos mais complicados pra mim. Falar sobre meus pais. Nem sei como começo a escrever.
Acho que o mais correto seria dividi-los. Falar primeiro da minha mãe e depois falar do meu pai. Antes que vocês pensem, não, eles não são separados. Mas são pessoas tão distintas pra mim que são poucas palavras que posso usar para identificar o que eles signifcam pra mim.

Então vamos lá:

MINHA MÃE

Minha mãe é a melhor mãe do mundo, eu nunca vou conseguir chegar aos pés dela. Sabe aquela coisa que falamos pra mãe quando estamos com raiva: “quando eu tiver um filho não vou fazer isso que vc faz comigo!!” pois bem, eu não falaria. Sinceramente eu nunca vou conseguir chegar aos pés da minha mãe como mulher, como esposa, como dona de casa, como mãe. Acho que ela foi o maior presente que Deus podia ter me dado, ela tem a fúria de uma escorpiana, mas tem o melhor colo do mundo e as vezes quando chego a noite ela esta sentada no sofá assistindo sua novela e eu adoro sentar no chão e colocar minha cabeça no seu colo pedindo carinho. É ela que me perdoou de tantas coisas que nem eu mesma me perdoei. E o pior disso tudo é que apesar de todos os meus erros ela ainda me ama. Você já decepcionou sua mãe? Eu já e quer saber, não existe dor pior que essa. E por pior que tenha sido o que eu fiz ela me perdoou. E hoje em dia ela me olha com uma ternura tão grande que às vezes me faz chorar. Como é bom de manha sentir o cheirinho do seu café (alias café maneira de dizer pq o único defeito dela é que o café é horrível, ainda bem que o do meu pai compensa...rs). como é bom levantar...beijar seu rosto e dizer MÃE EU TE AMO. Tanto tanto que eu naum vivo sem você. Ela é minha heroína, minha vila, minha menina, minha amiga, minha carrasca, ela é tudo...reune todas as coisas. Se eu começasse a descrever aqui tudo que ela fez por mim eu naum pararia nunca de escrever. As noites passadas em claro cuidando do meu dodói ou me esperando chegar da balada. As ironias quando falo algo e ela concorda só pra eu admitir que estou errada. Tipicamente psicóloga. RS.
Eu só posso dizer aqui o quanto a amo e o quanto me orgulho dela. E espero que eu tenha tempo suficiente em minha vida pra poder dizer isso sempre pra ela.


MEU PAI

Sr. Marcos...nossa...respira e se concentra...minha relação com meu pai é mais profissional (trabalhamos juntos) do que pessoal. No fundo ele quem sofre mais com isso, porque talvez eu já tenha até me acostumado. Não posso me queixar que meu pai não me deu conforto, nunca me faltou nada, e sei que ele trabalha duro pra isso. E eu sou eternamente agradecida. Ele é o típico chefe de família que não transparece carinho nem afeto, mas que é capaz de ficar sem comer para que seus filhos comam. Meu pai é um cara forte, lembro quando minha avó morreu, mãe dele, e eu cheguei toda chorosa no velório e ele estava lá...forte..imponente... do lado do caixão...ele olhou pra mim e pediu pra eu parar de chorar...pra eu ser grande..desde desse dia nunca mais chorei perto dele. Mas ele não foi sempre assim. Lembro quando criança dele me levar pra escola e ficar comigo até eu parar de chorar. Lembro dos domingos de manha quando ele sentava na beira da minha cama e conversávamos sobre a semana. Lembro dos nossos passeios na roça e de bicicleta...inclusive lembro de quando ele me ensinou a andar de bicicleta...ele nunca admitiu que eu aprendesse a andar de rodinhas...ele tirou as rodinhas assim que minha bicicleta chegou e me disse que eu ia aprender caindo...rs...e eu aprendi...depois ele trocou a bicicleta por uma maior...e eu fiquei um ano sem andar porque morria de medo...ele respeitou meu tempo..até que cheguei pra ele e pedi pra darmos uma volta..rs..e ele foi...lembro quando ele me levava pra assistir jogos do futebol no estádio...e como eu aprendi a chingar o juiz com ele...a jogar futebol e a bater nos meninos chatos da escola..lembro das bonecas que me trazia e do cuidado pra deixar em cima da minha cama sem eu perceber que era ele que havia chegado e trazido só pra ver minha cara de surpresa. Mas com o passar do tempo eu cresci, e crescendo meu pai foi se afastando. Talvez porque tivesse medo ou talvez porque quisesse conservar a imagem daquela menininha na cabeça e não da mulher. Eu não entendo. Mas no momento que mais precisei, ele se foi. No começo eu sofria, chorava, passamos um ano sem nos falar, morando na mesma casa. E depois voltamos aos poucos. Mas nada é do mesmo jeito. Eu sei que ele me ama. Sei que quer o melhor pra mim. Mas pra ele eu nunca vou ser boa o suficiente, eu sempre vou ser ruim, menor, não importa o que eu faça. Eu sei que ele me ama, do jeito dele mas ama, eu cheguei a odia-lo, hoje eu gosto dele e sinto demais sua falta. Queria que além de pai ele fosse também meu amigo.


Se eu pudesse falar algo pros dois falaria que tudo que sou hoje, e me esforço pra ser é por vocês. Porque os amo e porque vcs merecem tudo que há de melhor no mundo. Sei que temos nossas diferenças mas eu os amo tanto, mais tanto que eu não suportaria ficar sem vocês. Vocês são meus heróis, meu porto seguro, minhas pessoas especiais. E se eu pudesse pedir algo pra Deus e que eu fosse embora antes de vcs...porque naum suportaria perde-los. Eu me orgulho muito de ser quem sou. Porque sou o reflexo de vocês. A cabeça dura e a frieza do meu pai, com a bondade e a mania de ver o lado bom em tudo da minha mãe. Vocês se completam e com isso me sinto completa também.

Enfim, quero que me perdoem os erros de português queridos leitores pq falar dos meus pais é bem tenso pra minha pessoa...rs...e a música que vai aqui embaixo é uma que ouvia sempre com eles quando era criança e foi por eles que peguei gosto por músicas italianas....

Bem é isso....


segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Day 2 — Your Crush

Vamos, vamos para o dia 02...

Minha paixão

Poderia escrever aqui sobre todas as minhas paixões...entre pessoas...comidas...bichos...mas vou escrever sobre a paixão que movimenta esse blog que é minha PAIXÃO POR ESCREVER

Como eu amo escrever... Deixar meus pensamentos soltos traduzindo palavras impronunciáveis aos meus dedos numa conversa muda que só eles entendem... Deixar minha inspiração ditar as regras de concordância e um português muitas vezes falho, mas que são erros que a própria alma permite.

Não escrevo pra pessoas comuns, escrevo pra pessoas com alma...e se vc não tem uma nem adianta futricar nesse blog, pois ele é feito por uma mulher com coração de menina, que cultiva em sua alma a vontade de se expressar livremente que somente crianças, seres ainda tão puros conseguem.

Se me pedissem para descrever um dia perfeito seria eu, em um campo, com folhas embaixo do braço e uma caneta escrevendo minhas sensações.

Escrevo quando me sinto tão triste e sozinha que chego a sentir dor física...
Escrevo quando a alegria é tanta que não cabe dentro de mim...
Escrevo quando a angustia dilacera meu coração...
E quando minha alma esta repleta de paz

Gosto de provar o sabor das palavras e as ver multiplicando sobre o papel branco.
Palavras que sozinhas não significam nada,
mas quando juntas tocam o coração de quem as lê.

Não escrevo com intuito das minhas palavras serem ouvidas ou lidas,
escrevo com o intuito de me sentir em paz por escrever. Sinto prazer nisso.
Acho que a melhor profissão que poderia escolher seria de escritora.
Sei que escritores no Brasil morrem de fome,
mas não estaria aí o motivo por me sentir tão vazia as vezes na profissão que escolhi?
É uma ótima profissão mas não faço com tanto prazer.

Poderia escrever contos de fadas,
romances lindos,
ou contos de terror pra arrepiar os cabelos.
Poderia escrever qualquer coisa desde que me dessem a liberdade de fazê-lo.

Escrever é uma arte cultivada por mim.
É um dom que me foi dado,
não sei tocar instrumentos e nem sou habilidosa na cozinha,
sempre vi aventais e panelas como uma forma de opressão.
Não sou boa em costuras e nem em cálculos.
Só me resta escrever então.
Escrever pra aliviar a alma...
O coração
E sentir dentro de mim
Que no mesmo ritmo que a folha vai se enchendo de palavras fazendo sentido
Meu coração vai se enchendo de vontade de viver

Escrever é minha maior paixão
E meu maior prazer!!!!



Day 1 — Your Best Friend

Caracas começamos pelo mais difícil pra mim. São tantas melhores amigas..rs...amigas que estão comigo a anos a fio...amigas que entraram na minha vida recentemente e já fazem total diferença nela. Difícil escolher uma pra falar aqui. Mas quer saber, não preciso escolher uma. Posso falar de todas que juntando um pouquinho de cada sairia a amiga perfeita..rs

Se pudesse juntar a paciência e do discernimento da Pri
Com as loucuras e insensatez da Cintia
E colocasse uma pitadinha do ótimo humor e da garra e coragem da Gi.
Se juntasse a alta estima e os conselhos maravilhosos da Karen
Com as dicas de beleza infalíveis da Priscilla (essa da facul)
E juntasse também o companheirismo e o cuidado da Báh (que mesmo de mau humor faz uma falta)
E colocasse também a frieza da Michelle
Com a doçura da Danny e nossa que saudades da Danny.
Mas tinha também que ter a voz da Bruna e seu dom pra tocar violão.
Se juntasse os miolos soltos da Kamila e misturasse com a juventude e carisma revigorante da Cris
E pra dar aquele tempero, colocasse a vibe positiva e o abraço de urso da Érica,
com a ingenuidade da Aline.
Não posso esquecer da maturidade e a praticidade da Chuchu
com o coração e a maneira de amar sempre inigualável da Nessa.
E claro, não pode faltar o parentesco de sangue que tudo fica mais forte,
então coloco o da Tety com o da Jéssica...mas que fique bem claro a retirada do sertanejo no sangue da Jéssica.

E pra fechar todas elas com chave de ouro, tinha que ter também o amor incondicional da minha MÃE por mim. Minha mãe sempre minha melhor amiga


Bom é isso...como eu amo todas vocês que me aturam!!
Como me fazem falta..
Como sinto saudades

É muito bom ter vocês todas na minha vida!!
Quero sempre que vocês estejam comigo, pois percebo que sem vocês eu não sou nada


domingo, 1 de agosto de 2010

PELOS PRÓXIMOS 30 DIAS....

JÁ QUE É DIA PRIMEIRO...VOU COMEÇAR UMA BRINCADEIRA ME PASSADA POR UMA AMIGA E VOU TENTAR CUMPRIR TODOS OS DIAS...fazendo a diferença este mês...rs..pra cada dia escrever um desses itens..me desejem sorte!!

beijinhos da Alice




Day 1 — Your Best Friend
Day 2 — Your Crush
Day 3 — Your parents
Day 4 — Your sibling (or closest relative)
Day 5 — Your dreams
Day 6 — A stranger
Day 7 — Your Ex-boyfriend/girlfriend/love/crush
Day 8 — Your favorite internet friend
Day 9 — Someone you wish you could meet
Day 10 — Someone you don’t talk to as much as you’d like to
Day 11 — A Deceased person you wish you could talk to
Day 12 — The person you hate most/caused you a lot of pain
Day 13 — Someone you wish could forgive you
Day 14 — Someone you’ve drifted away from
Day 15 — The person you miss the most
Day 16 — Someone that’s not in your state/country
Day 17 — Someone from your childhood
Day 18 — The person that you wish you could be
Day 19 — Someone that pesters your mind—good or bad
Day 20 — The one that broke your heart the hardest
Day 21 — Someone you judged by their first impression
Day 22 — Someone you want to give a second chance to
Day 23 — The last person you kissed
Day 24 — The person that gave you your favorite memory
Day 25 — The person you know that is going through the worst of times
Day 26 — The last person you made a pinky promise to
Day 27 — The friendliest person you knew for only one day
Day 28 — Someone that changed your life
Day 29 — The person that you want tell everything to, but too afraid to
Day 30 — Your reflection in the mirror.

Dia primeiro



Hoje é dia 01 de agosto de 2010
Primeiro dia do mês
No Primeiro dia da semana.
Hoje é dia de começo de regimes.
DE começar a academia
Dia de começo de novos planos.
Pra muitos assim como pra mim
Recomeço de aulas
Prazo pra entrega da monografia se esgotando
Prazo pra cumprir horas de estágio se esgotando
E prazo pro final do curso se aproximando ainda mais

Dia primeiro sempre me da uma sensação diferente
Boa
De que agente pode sempre começar de novo
E temos trinta dias novamente pra fazermos a diferença
Pra melhorarmos coisas que estava ruins
Ou recomeçar coisas que paramos
Mudar algo que não está bom
Temos o direito de recomeçar de novo
Doze vezes por ano

E isso sinceramente é uma dádiva
Que deveríamos aproveitar muito mais

E que venha 31 novos dias de mudanças

RECOMEÇAR SEMPRE!!